44.222.104.206
(+244) 921 543 587Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30

7 diferenças entre um software cloud e on-premise

A decisão entre adotar um software cloud ou on-premise é uma encruzilhada crítica que as empresas enfrentam. Essa escolha é emblemática, pois determina a infraestrutura tecnológica que a empresa utilizará para operar, armazenar e gerir os seus dados. A primeira diferença fundamental a ser explorada é a localização física dos sistemas.

Software Cloud

Os sistemas baseados na cloud são hospedados em servidores remotos e acedidos pela internet. Isso significa que os utilizadores podem aceder de qualquer lugar com uma conexão à internet, o que proporciona uma flexibilidade inigualável em termos de acessibilidade e mobilidade.

Software On-Premise

Por outro lado, os sistemas on-premise são instalados e mantidos localmente nas instalações da empresa. Isso implica que os utilizadores geralmente precisem de estar fisicamente no local ou usar uma conexão de rede local para aceder. Isso limita a mobilidade e a acessibilidade em comparação às soluções cloud, uma vez que a disponibilidade é restrita à infraestrutura física da empresa.

Essa diferença fundamental tem implicações profundas nas operações e nas possibilidades de uma organização, afetando não apenas a forma como os dados são acedidos, mas também a segurança, a escalabilidade e os custos envolvidos.

Vamos explorar mais detalhadamente essas implicações ao longo deste artigo.

7 principais diferenças do software cloud e on-premise

1. Custos iniciais e modelo de Pagamento

  • Software Cloud: Normalmente, as soluções de software cloud têm custos iniciais mais baixos e adotam um modelo de pagamento baseado em subscrição.
  • Software On-Premise: Geralmente, os sistemas on-premise requerem um investimento inicial significativo em hardware e software, juntamente com custos contínuos de manutenção.

2. Manutenção e atualizações

  • Software Cloud: A manutenção e atualizações são geralmente geridas pelo fornecedor de serviços cloud, aliviando a carga de trabalho da equipa de TI da empresa.
  • Software On-Premise: As atualizações e manutenções são da responsabilidade da empresa, o que pode exigir recursos significativos e mais tempo.

3. Escalabilidade

  • Software Cloud: As soluções de software cloud são altamente escaláveis, permitindo que as empresas aumentem ou diminuam facilmente os recursos com base nas necessidades.
  • Software On-Premise: A escalabilidade em sistemas on-premise pode ser mais desafiadora e demorada, exigindo a compra de hardware adicional.

4. Segurança de dados

  • Software Cloud: A segurança é uma preocupação, mas os fornecedores de software cloud geralmente investem em medidas de segurança fortes. Os dados são armazenados em servidores externos, o que pode ser visto como uma desvantagem em termos de controlo, mas uma vantagem em termos de segurança dos dados.
  • Software On-Premise: Os dados permanecem sob controlo direto da empresa, o que exige que a empresa implemente as suas próprias medidas de segurança. E os dados estando armazenados em apenas um único local físico, estão significativamente sujeitos a perdas mais facilmente.

5. Acessibilidade e mobilidade

  • Software Cloud: É acessível de qualquer lugar, a qualquer hora, o que é ideal para equipas distribuídas ou que precisam de mobilidade.
  • Software On-Premise: A acessibilidade é limitada a locais com acesso à rede local da empresa.

6. Conectividade e disponibilidade

  • Software Cloud: Depende de uma conexão à internet. A falta de conectividade pode interromper o acesso ao software.
  • Software On-Premise: Geralmente oferece maior disponibilidade, uma vez que a empresa tem controlo direto sobre a infraestrutura. No entanto, está restrito às 4 paredes do escritório.

7. Personalização e controlo

  • Software Cloud: Pode oferecer menos flexibilidade para personalizações profundas, uma vez que as alterações são geralmente limitadas à interface do utilizador.
  • Software On-Premise: Permite um nível mais profundo de personalização e controlo sobre o software, adaptando-o às necessidades específicas da empresa.

Vantagens do Software Cloud

  1. Custos iniciais menores: Os custos iniciais são reduzidos devido à ausência de investimento em infraestrutura local.
  2. Manutenção simplificada: A manutenção e atualizações são tratadas pelo fornecedor, libertando recursos internos.
  3. Escalabilidade: As empresas podem facilmente ajustar recursos conforme necessário.
  4. Segurança: Os principais fornecedores de software cloud geralmente seguem os mais altos padrões de segurança, como certificações ISO, SOC 2 e HIPAA, para garantir que os seus serviços atendam aos requisitos de segurança de várias indústrias e regulamentações.
  5. Acessibilidade: Acessível de qualquer lugar, a qualquer hora, ideal para equipas remotas e móveis.

Vantagens do software On-Premise

  1. Controlo total: A empresa tem controlo direto sobre a infraestrutura e os dados.
  2. Segurança percebida: Alguns consideram o modelo on-premise mais seguro devido à posse local dos dados.
  3. Personalização profunda: Permite uma personalização mais extensa para atender às necessidades específicas da empresa.
  4. Conectividade local: Funciona bem em ambientes com necessidades de alta disponibilidade e conectividade local.

Como escolher a melhor opção para si?

A escolha entre software cloud e on-premise depende das necessidades, recursos e prioridades de cada empresa. Muitas vezes, uma combinação de ambos é a abordagem mais eficaz, conhecida como "híbrida".

Independentemente da escolha, é crucial considerar cuidadosamente as diferenças e vantagens apresentadas aqui para tomar uma decisão informada que atenda às necessidades específicas da sua organização.

E se quiser um software que responda 100% às necessidades da sua empresa, apresentamos-lhe o ERP Evolution: é flexível e adaptável a qualquer setor e departamento. Conheça-o aqui.

Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!