3.237.31.191
(+244) 921 543 587Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
competências valorizadas

Top 3 das competências mais valorizadas pelas empresas

Graças aos benefícios que disponibiliza, a área das Tecnologias de Informação (TI) é uma das mais ‘apetecíveis’, sobretudo para quem deseja mudanças na carreira. Por isso, é fundamental saber quais são as competências mais valorizadas pelas empresas nesta área.

Se possuir os requisitos técnicos é incontornável, a verdade é que não basta dominar linguagens de programação para garantir o sucesso e evoluir na carreira.

Sabia que 85% do sucesso no trabalho resulta de competências interpessoais e sociaisbem desenvolvidas?

Esta conclusão é retirada de estudos realizados pela Universidade de Harvard, da Carnegie Foundation e da Stanford Research Center e é apontada como um dos motivos que leva as empresas a valorizarem as Soft Skills nos processos de recrutamento.

As Soft Skills podem determinar a eficácia do nosso trabalho e levar a importantes ganhos de produtividade para as empresas, motivo pelo qual são tão valorizadas nas entrevistas de emprego (92% dos recrutadores dizem atribuir-lhes peso igual ou superior às hard skills).

Qual é o top 3 das competências que mais valorizam as empresas?

Cada empresa possui uma cultura própria e modelos de trabalho específicos, o que se pode refletir na valorização diferenciada de caraterísticas, mas há 3 que, invariavelmente, são apontadas pelas empresas de TI:

1. Comunicação eficiente
A capacidade de comunicarmos está na base da nossa vida em sociedade. Comunicarmos bem, em contexto profissional, gera produtividade e agilidade.
E por comunicação eficiente entenda-se tanto a nossa capacidade de comunicar com os outros, como a capacidade de entendermos o que nos procuram dizer os outros.
Numa empresa isto significa melhor alinhamento, maior motivação, menos ruído e menos atrito. Portanto, maior felicidade para todos e resultados.

2. Capacidade de trabalhar em equipa
Fundamental para criação de um espírito de equipa, a capacidade de trabalharmos e colaborarmos com os outros é incontornável. Na área das TI, sem essa colaboração não existe software, pois só a soma de todas as partes (leia-se, equipas e áreas) permite o desenvolvimento e lançamento dos produtos.

3. Vontade de aprender
A capacidade de procurar estar atualizado e absorver novos conhecimentos permite a estes profissionais não só manter, como evoluir a carreira. Ser um ‘autodidata’, assim como explorar novas áreas dentro das TI permite acompanhar um mercado que tem novidades constantes e diferentes tendências.

Tal como dissemos, as soft skills valorizadas dependem muito da cultura da empresa e do próprio negócio, e existem outras caraterísticas que podem ajudar ao sucesso, tais como, a capacidade de adaptação e compreensão das necessidades das diferentes pessoas com quem trabalhamos (empatia), assim como a motivação, a resiliência, a confiança e a responsabilidade.

A positividade, capacidade para ver o lado positivo das situações mesmo em condições adversas, ou seja, ser capaz de gerir situações inesperadas e reagir a problemas de forma positiva e construtiva, estão no top das principais competências que as empresas valorizam.

Novos conhecimentos & Soft Skills

Atenta às tendências de mercado, a Academy, nos últimos anos, apostou na oferta formativa em duas áreas fundamentais para qualquer profissional.

Para quem está na área de TI ou pretende entrar nesta área, desenvolveu a sua aposta em formações de Tecnologia & Digital e em programas de reconversão intensiva, tais como o RE_Start – Curso Developer, Programa SCORE ou PCAP - Consultant

Para profissionais que pretendam uma aposta em soft skills, a consulta regular da oferta de Desenvolvimento Interpessoal permite que possam desenvolver caraterísticas valorizadas pelas empresas.

Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!